terça-feira, 21 / 05 / 2024
26 C
Campina Grande
terça-feira, 21/05/2024
26 C
Campina Grande

Apreensão de cestas básicas e dinheiro ligam sinal de alerta para ‘indústria’ da compra de votos na Paraíba

Também pode querer ler

A Polícia Federal apreendeu ontem cestas básicas e material de campanha encontrados dentro de um carro no bairro de Mangabeira, em João Pessoa. Os produtos estavam sendo descarregados dentro de uma casa, quando houve a abordagem policial. Os ‘santinhos’ pertenceriam a candidatos à Câmara Federal e para a Assembleia Legislativa. Os nomes não foram divulgados pela PF.

O fato é o segundo, dessa natureza, registrado nos últimos dias na Paraíba. E liga o sinal de alerta para uma prática criminosa: a compra de votos.

Dias atrás agentes federais também apreenderam material de campanha e mais de R$ 150 mil em espécie, perto da cidade de Santa Luzia, no Sertão. O caso é igualmente grave.

A compra de votos precisa ser combatida, independentemente dos envolvidos.

As cestas básicas, os produtos e o dinheiro distribuídos agora são os mesmos que deixarão de ser revertidos, nos próximos quatro anos, em serviços públicos essenciais. É o posto de saúde que não funciona, a escola inacabada, a rua sem calçamento…

Os candidatos que se utilizam desse tipo de prática são os mesmos que, se eleitos, irão dilapidar os cofres públicos para terem os gastos de campanha ressarcidos!

Cada cidadão tem o dever de ser fiscal da compra de votos. Uma ‘indústria’ vergonhosa, que tenta comprar a dignidade e a cidadania das pessoas.

- Publicidade -spot_img
- Publicidade -

Últimas

Justiça da Argentina concede prisão domiciliar a Antônio Neto Ais, da Braiscompany

Antônio Neto Ais, dono da empresa Braiscompany, conseguiu migrar para a prisão domiciliar após uma decisão da Justiça Argentina. O...
- Publicidade -spot_img

Relacionados

- Publicidade -spot_img