sexta-feira, 24 / 05 / 2024
22.9 C
Campina Grande
sexta-feira, 24/05/2024
22.9 C
Campina Grande

Prefeitura de Campina Grande faz balanço positivo do trabalho realizado pelo Criança Feliz com público autista no Município

Também pode querer ler

Neste mês de abril, no qual é comemorado o Dia Mundial de Conscientização do Autismo (02/04), a Prefeitura de Campina Grande, por meio da Secretaria de Assistência Social (Semas), faz um balanço positivo do trabalho realizado pelo Programa Criança Feliz com o público autista no Município. O resultado, referente ao último ano de ações e atividades sobre a causa, apresenta o aumento de capacitações envolvendo a equipe de visitadoras, e a quantidade de crianças acompanhadas, que passou de 34, em 2023, para 45, neste ano.

Conforme a coordenação do Programa, o serviço busca ampliar as melhorias para o acompanhamento mais adaptado das crianças autistas e seus familiares. Assim, desde 2023, estão ocorrendo mais formações envolvendo capacitações e workshops com especialistas no assunto, principalmente sobre os repasses de informações para aceitação do diagnóstico e de como as famílias devem lidar com os sintomas do Transtorno do Espectro Autista dos filhos, especialmente na primeira infância (até 6 anos de idade).

Joana D’arc, visitadora do Programa, afirma que o trabalho realizado pela equipe colabora com o bem-estar das famílias. “Muitas crianças que eu acompanho hoje brincam, e se comunicam melhor. Algumas vezes, as mães não têm um suporte familiar e precisam de terapias, se a fila de espera estiver grande. Nós já passamos por capacitações para saber como ouvi-las e também ouvir os filhos, isso já muda muito o cotidiano deles”, disse a colaboradora.

Yasmin Lima, de 26 anos, é mãe de Henry Lima (5). Ela contou que o acompanhamento do Programa na sua casa ajudou a família. “Nós percebemos que as visitadoras são capacitadas porque elas entendem quando os nossos filhos têm crises e conseguem contornar a situação. Também nos ensinam técnicas que facilitam a socialização em casa, aos poucos nossa visitadora nos conquistou e fomos criando um vínculo de carinho. As melhorias são bem claras,” disse a mulher.

Meruska Aguiar, coordenadora do Criança Feliz, destacou que o balanço positivo ocorre diante desses avanços e a ideia é ampliar ainda mais. “Ainda em alusão ao Abril Azul, vamos ter uma capacitação com nossas 66 visitadoras junto à Clínica Escola do Autista, sobre como as famílias devem lidar com situações de agressividade, entre outras situações. Temos também focado no trabalho intersetorial com as Secretarias de Saúde e Educação, para solucionar demandas deste público em vários aspectos,” disse a coordenadora.

- Publicidade -spot_img
- Publicidade -

Últimas

Vereadores da oposição querem impedir Prefeitura de Gurjão de pagar benefícios sociais

Na cidade de Gurjão, localizada na região do Cariri paraibano, um fato inusitado tem chamado a atenção da política...
- Publicidade -spot_img

Relacionados

- Publicidade -spot_img