sexta-feira, 23 / 02 / 2024
22.9 C
Campina Grande
sexta-feira, 23/02/2024
22.9 C
Campina Grande

Paraibano assessor de Bolsonaro, deve continuar assessorando o Presidente mesmo fora da presidência

Também pode querer ler

O paraibano Tércio Arnaud Tomaz é o único integrante do chamado “gabinete do ódio” com emprego garantido a partir do ano que vem. É o que revela a jornalista Juliana Dal Piva, no UOL, neste domingo (11).

Tércio deve ficar em um dos cargos comissionados que os ex-presidentes possuem direito. O trabalho do assessor é acompanhar Bolsonaro diariamente, gravar vídeos e atualizar redes sociais do presidente, além de produzir memes.

Ainda segundo o UOL, José Matheus e Matheus Diniz outros dois integrantes do grupo, ainda têm futuro incertos.

Na lista dos que devem seguir entre os assessores de Bolsonaro ainda está Max Guilherme (PL-RJ), policial do Bope que atua como assessor de Bolsonaro.

Nas eleições deste ano, Tércio foi candidato a suplente do bolsonarista Bruno Roberto (PL-PB) na disputa ao Senado na Paraíba. Eles obtiveram 231 mil votos e ficaram na quinta colocação.

- Publicidade -spot_img
- Publicidade -

Últimas

Três pessoas são presas suspeitas de auxiliarem fuga em presídio em Mossoró (RN)

Pelo menos três pessoas foram presas nesta quinta-feira (22), acusadas de facilitarem a fuga de dois criminosos do presídio...
- Publicidade -spot_img

Relacionados

- Publicidade -spot_img